Portal de Notícias do Estado do Paraná

Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
Governo do Paraná
Governo do Paraná

Cidades

Linha de Curitiba terá ônibus movido a gás natural e começa a ser testado em Curitiba segunda-feira (17)

A linha Cabral/Portão transporta 10 mil pessoas por dia útil, com uma frota de 12 veículos que percorrem 26 quilômetros de itinerário

Clécio Silva
Por Clécio Silva
Linha de Curitiba terá ônibus movido a gás natural e começa a ser testado em Curitiba segunda-feira (17)
SMCS
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Curitiba vai começar a testar um ônibus 100% movido a gás natural a partir de segunda-feira (17/4). O veículo vai rodar na linha Cabral/Portão em período de testes por 30 dias.

Nesta quinta-feira (13/4), o prefeito Rafael Greca, o presidente da Compagas (Companhia Paranaense de Gás), Rafael Lamastra Júnior, e o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, apresentaram o ônibus que será testado no transporte coletivo da capital. O ônibus estava estacionado na Rua Papa João XXIII, atrás do prédio da Prefeitura de Curitiba, no Centro Cívico.

A linha Cabral/Portão transporta 10 mil pessoas por dia útil, com uma frota de 12 veículos que percorrem 26 quilômetros de itinerário. O ônibus a gás se somará a essa frota e vai funcionar entre os horários dos ônibus convencionais da linha.

Publicidade

O prefeito explicou que este é mais um passo que a cidade dá na busca por uma mobilidade mais inteligente e menos poluidora.

“Nós estamos procurando soluções para tornar o nosso transporte público cada vez melhor e menos poluente. Esse ônibus será operado com o mesmo gás que nos fornece a Compagas”, disse Greca.

“A ideia é, com esses ônibus a gás, conquistar a eficiência energética, transporte inteligente e seguro com combustíveis renováveis até chegarmos à completa renovação da nossa frota com eletrificação. Essa solução é mais imediata, é feita em casa, usa o gás da Compagas. Nós vamos com isso avançando, dando um passo de cada vez até que consigamos o que é o ideal, que é uma cidade inteligente e não poluidora. Viva Curitiba”, definiu o prefeito.

Menos emissão de gases

A iniciativa do ônibus movido a gás se junta aos testes de ônibus elétricos que começaram no ano passado e fazem parte do Programa de Mobilidade Urbana Sustentável de Curitiba para reduzir a emissão de gases do efeito estufa. Os projetos do Inter 2 e do Ligeirão Leste-Oeste estão dentro da busca por uma mobilidade menos poluente.

O ônibus movido 100% a gás, da fabricante Scania, já vinha sendo testado desde o dia 3 de março na Região Metropolitana de Curitiba. 

“Escolhemos uma linha com grande movimento para esse teste que permitirá que a Urbs verifique indicadores de eficiência do modelo movido a gás natural e também a redução de poluentes”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

Menos poluente

Segundo a Compagas, o gás natural, mesmo sendo de origem fóssil, é menos poluente que os combustíveis líquidos em razão de sua queima mais limpa, com menos fuligem e menor geração de dióxido de carbono (CO2), um dos principais gases de efeito estufa (GEE).

Em comparação com o diesel, o veículo movido a gás natural pode emitir até 20% menos CO2, já a redução de óxidos de nitrogênio (NOx) é de quase 90% e a de material particulado (partículas muito finas de sólidos ou líquidos poluentes) chega a 85%.

De acordo com o presidente da Compagas, Rafael Lamastra Júnior, o uso do GNV em veículos do transporte coletivo e de cargas é uma realidade em diversas cidades do mundo, como Madri (Espanha), Los Angeles (Estados Unidos) e Bogotá (Colômbia). 

“A substituição de veículos movidos a diesel por gás natural contribui não apenas com o meio ambiente e com a saúde da população, mas também com a economia, visto a menor dependência do diesel importado, proporcionando um melhor custo operacional para frotas e empresas”, explicou Lamastra.

Como é o ônibus

O modelo fabricado pela Scania é o padron K 280, com 14 metros de comprimento e capacidade para 86 passageiros. O ônibus é equipado com elevador para acessibilidade e espaço interno para cadeirantes. 

O motorista Juarez Junior Silva Gonçalves, da empresa Auto Viação Redentor, que levou o ônibus até a Prefeitura, está empolgado para começar a operar o veículo transportando passageiros a partir de segunda-feira (17/4).

“O ônibus é muito silencioso e mais confortável tanto para nós motoristas quanto para os passageiros. Estou animado em começar a trabalhar com os passageiros. Isso é algo novo, o transporte precisa evoluir para poluir menos”, afirmou Juarez.

Também acompanharam a apresentação do ônibus 100% movido a gás, o presidente da Câmara Municipal, vereador Marcelo Fachinello, a secretária municipal da Comunicação Social, Cinthia Genguini, representantes da Scania, de empresas do transporte coletivo de Curitiba e do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba (Setransp).


 

FONTE/CRÉDITOS: Redação - Prefeitura de Curitiba - SMCS
Comentários:
Governo do Paraná
Governo do Paraná

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!