Portal de Notícias do Estado do Paraná

Quinta-feira, 30 de Maio de 2024
Governo do Paraná
Governo do Paraná

Justiça

Voto do Ministro Alexandre de Moraes sobre ataques de 8/1 sinaliza força máxima contra Bolsonaro

Moraes foi o primeiro a votar, no dia 18, pela aceitação das denúncias oferecidas pela Procuradoria-Geral da República

Clécio Silva
Por Clécio Silva
Voto do Ministro Alexandre de Moraes sobre ataques de 8/1 sinaliza força máxima contra Bolsonaro
Reprodução
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O voto de Alexandre de Moraes para aceitar a denúncia contra os cem primeiros acusados pelos ataques golpistas de 8 de janeiro sinaliza como o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) organiza a investida que fará contra Jair Bolsonaro (PL).

O ex-presidente deve prestar depoimento nesta quarta-feira (26) no inquérito aberto pela Polícia Federal para apurar as invasões e depredações aos prédios dos três Poderes. Ele é alvo de 1 das 4 investigações abertas, a que mira os autores intelectuais dos ataques.

Moraes foi o primeiro a votar, no dia 18, pela aceitação das denúncias oferecidas pela Procuradoria-Geral da República --o julgamento está com maioria formada, por 8 votos a 0, e vai até segunda-feira (24).

Leia Também:

No voto, Moraes aponta para relação entre as provas reunidas sobre os autores intelectuais dos ataques de janeiro com as coletadas nos últimos anos em duas investigações relatadas por ele: os inquéritos das fake news e das milícias digitais.

O ministro chega a citar que essas investigações já miram parentes de Bolsonaro, como seus filhos Eduardo e Flávio e aliados como Bia Kicis (PL-DF), Carla Zambelli (PL-SP) e Otoni de Paula (MDB-RJ).

SAIBA MAIS EM:

Voto de Moraes sobre ataques de 8/1 sinaliza força máxima contra Bolsonaro (msn.com)

FONTE/CRÉDITOS: Redação
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!