Portal de Notícias do Estado do Paraná

Terça, 17 de maio de 2022
MENU

Política

Câmara de Londrina proíbe o uso de linguagem neutra em escolas e concursos

O projeto de lei foi aprovado, nesta terça-feira (10), em primeiro turno.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Câmara de Londrina, no norte do Paraná, aprovou um projeto de lei que proíbe o uso de linguagem neutra em escolas e concursos da cidade.

Cada vez mais comum nas redes sociais e entre membros da comunidade LGBTQIA+, essa linguagem tem como objetivo adaptar o português para o uso de expressões neutras a fim de que as pessoas não binárias (que não se identificam nem com o gênero masculino nem com o feminino) ou intersexo se sintam representadas.

O projeto foi proposto pela vereadora Jessicão (PP).

O resultado contou com 13 votos favoráveis, dois contrários, dos vereadores Matheus Thum (PP) e Lenir de Assis (PT), e uma abstenção, da parlamentar Lu Oliveira (PL).

A proposta prevê que a violação da lei municipal por instituições públicas acarretará sanções não especificadas aos servidores públicos.

Já nas instituições privadas, resultará na advertência e suspensão do alvará de funcionamento do estabelecimento.

De acordo com Jessicão, o projeto busca "proteger a língua portuguesa e a cabeça das nossas crianças."

Durante a sessão, a autora do projeto disse que entende que o uso da linguagem neutra dificulta a compreensão de textos por deficientes visuais, que utilizam softwares de leitura, e por pessoas com dislexia, que apresentam dificuldades na leitura e na escrita. 

 

 

 

Fonte/Créditos: G1 PR

Créditos (Imagem de capa): ASCOM/Divulgação

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!