Portal de Notícias do Estado do Paraná

MENU
Logo
Quinta, 24 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Política

Com alta de números da Covid, governador do Paraná não descarta volta de medidas mais restritivas

Nove cidades da região Oeste do Estado decretaram medidas mais duras, como toque de recolher mais longo e lockdown aos fins de semana.

250
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O governador do Paraná Ratinho Júnior disse na manhã desta quarta (12) que não descarta medidas mais restritivas caso os índices da Covid-19 continuem a subir no Paraná. Nove cidades da região Oeste do Estado decretaram medidas mais duras, como toque de recolher mais longo e lockdown aos fins de semana devido à alta de casos e da taxa de ocupação de 99% nas UTIs exclusivas para Covid-19. 

“Essa é uma preocupação grande que nós temos e eu hoje fiz uma reunião com o prefeito de Foz do Iguaçu. Assim, fica sempre nossa recomendação de que o cuidado é importante, o uso de máscara é importante, o máximo de restrição em ambiente com muita gente e estamos intervindo em festas clandestinas. O fato de estarmos vacinando, não quer dizer que podemos relaxar. Enquanto não vacinarmos aproximadamente 60% da população, para diminuir de forma drástica a transmissão, temos que tomar cuidado para não ter uma terceira onda”, disse.

A ocupação nos leitos do Paraná é de 95% com 535 pacientes na fila por leito de internamento, segundo boletim da Secretaria de Estado de Saúde de terça (11).

A fala do governador foi durante entrevista coletiva para o lançamento do programa Casa Fácil Paraná, que viabilizará R$ 450 milhões para facilitar a aquisição da casa própria para famílias de até três salários mínimos. 

 

Volta das aulas presenciais da rede estadual em Curitiba

Ele também adiantou que as aulas presenciais em formato híbrido em alguns colégios da rede estadual de Curitiba podem ser retomadas a partir do próximo dia 24. "Acredita que as aulas devem retomar não só em Curitiba, mas também em outras cidades do interior do Paraná", afirmou ele

O retorno às aulas presenciais na forma híbrida na Rede Pública Estadual, recomeçou nesta segunda (10) em cerca 200 escolas de diferentes regiões do Paraná com protocolo de segurança.

O quantitativo corresponde a aproximadamente 10% das unidades do Estado. Colégios de Educação Profissional de todo o Estado estão retomando gradualmente as atividades práticas presenciais dos cursos técnicos. Esse retorno acontece simultaneamente à volta das aulas presenciais em 200 colégios estaduais, porém, não está condicionado ao mesmo cronograma e instituições.

Muitos dos centros de ensino técnico têm aulas práticas presenciais e aulas teóricas remotas. No Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Newton Freire Maia, em Pinhais, os alunos dos cursos de Agropecuária e de Meio Ambiente já podem, desde a última quinta-feira (6), participar de atividades práticas, como aulas de campo na fazenda-escola, visitas técnicas e aulas em laboratório.

 

Fonte/Créditos: Bem Paraná

Créditos (Imagem de capa): Geraldo Bubniak/AEN

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade