Portal de Notícias do Estado do Paraná

MENU
Logo
Quinta, 24 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Política

Dinheiro desviado da saúde em Umuarama pode ter sido usado para construção de casa em Porto Rico

Os possíveis desvios somariam mais de R$ 19 milhões.

228
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A operação Metátese, deflagrada pelo Ministério Público do Paraná em Umuarama, nesta quarta-feira (05) desarticulou um possível esquema de desvio de dinheiro na área da saúde que ultrapassa a cifra de R$ 19 milhões.

Foram cumpridos sete mandados de prisão e 62 de busca e apreensão, que foram executados por meio da Subprocuradoria-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos (SubJur), do núcleo de Umuarama do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria) e do núcleo de Cascavel do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), contando também com o apoio da Polícia Militar do Paraná.

Entre outros, a operação investigou a atuação de funcionários públicos e empresários ligados à saúde para um esquema de peculato e falsidade ideológica, fraudes em contratações diretas, superfaturamento e corrupção.

Parte da verba desviada, de acordo com o MP, foi usada aquisição de equipamentos náuticos e da construção de uma casa de veraneio no Balneário de Porto Rico com recursos desviados de entidades filantrópicas da cidade que prestam serviços médico-hospitalares ao sistema municipal de saúde, conforme indícios descobertos nas investigações.

Fonte/Créditos: O Bemdito

Créditos (Imagem de capa): Ricardo Trindade/OBemdito

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade