Portal de Notícias do Estado do Paraná

MENU
Logo
Domingo, 16 de maio de 2021
Publicidade
Publicidade

Cidades

Cinco dias após perder a esposa para a Covid-19, homem é encontrado morto junto com filha em Rio Negro

A polícia suspeita que o homem matou a própria filha e se suicidou em seguida.

313
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil de Rio Negro, na região metropolitana de Curitiba (RMC), investiga uma trágica história que abala a cidade nesta quinta-feira (22). Cinco dias após perder a esposa por complicações da covid-19, um torneiro mecânico de 63 anos e a filha, de 40, foram encontrados mortos dentro do barracão onde ele trabalhava.

O caso aconteceu na Vila Ema e um morador da região lamentou a fatalidade. “Temos que rezar muito para Deus. Eu vi a tragédia e não tem como ficar triste”, comentou.

O 28º Batalhão da Polícia Militar (PM) esteve no local e suspeita que o homem estava abalado quando decidiu fazer o ato extremo. Informações repassadas à polícia dão conta de que o homem sofria de depressão. A filha, ainda de acordo com a PM, tinha deficiência e outros problemas médicos. Os cuidados de saúde da filha eram feitos pelo casal.

A Polícia Civil do município, que tem pouco mais de 34 mil habitantes, investiga o caso.

 

CVV

Com objetivo de prestar gratuitamente apoio emocional e prevenção ao suicídio, o CVV (Centro de Valorização da Vida) desde 1973 auxilia pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.

A linha 188 hoje tem integração em todos os estados brasileiros.

Os contatos com o CVV são feitos pelos telefones 188 (24 horas e sem custo de ligação), pessoalmente (nos mais de 120 postos de atendimento) ou pelo site www.cvv.org.br, por chat e e-mail.

Mesmo que você não tem certeza de que precisa de ajuda, não é necessário receio ao entrar em contato com o CVV. Confira todas as informações clicando aqui.

Fonte/Créditos: Banda B

Créditos (Imagem de capa): Colaboração

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade