Portal de Notícias do Estado do Paraná

Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024
Governo do Paraná
Governo do Paraná

Economia

Horse investirá R$ 100 milhões na produção de motores de alta eficiência no Paraná

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (30) durante um encontro entre o CEO da empresa, Patrice Haettel, com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, em Curitiba

Clécio Silva
Por Clécio Silva
Horse investirá R$ 100 milhões na produção de motores de alta eficiência no Paraná
Reprodução
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagens

Modelo que será produzido em São José dos Pinhais alia alta potência com economia de combustível, com menos emissão de poluentes. Além de substituir as importações pela produção local, os equipamentos deverão ser exportados para a América do Sul, Europa e Oriente Médio.

A multinacional Horse vai investir cerca de R$ 100 milhões para a instalação de uma operação de produção de motores de alta eficiência em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (30) durante um encontro entre o CEO da empresa, Patrice Haettel, com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, em Curitiba.

O novo motor 1.3 turbo que será produzido no Paraná alia alta potência com o baixo consumo de combustível, o que resulta em menores níveis de emissões de carbono. Ele funcionará no modelo flex, podendo ser abastecido com gasolina ou etanol, além de estar apto a ser utilizado futuramente em modelos híbridos – que podem ser movidos à combustão ou eletricidade.

Publicidade

Segundo Ratinho Junior, os novos investimentos estão alinhados com a estratégia do Governo do Estado de alavancar o Paraná como potência econômica a partir da atração de investimentos ambientalmente mais sustentáveis. “A Horse é uma empresa global de alta tecnologia focada na produção de motores mais eficientes, que poluem menos, e que escolheu o Paraná para investir, gerando centenas de empregos para a nossa população, e que com estes investimentos vai também exportar para outros países”, afirmou.

Até então, este modelo era produzido apenas pela unidade da companhia na cidade de Valladolid, na Espanha. A medida garantirá uma produção local de motores que antes precisavam ser importados e que, além de atender o mercado nacional, serão enviados do Estado para a Argentina, Colômbia, Espanha e Turquia, com perspectiva de ampliação de mercados internacionais no futuro.

“São postos de trabalho não apenas para a linha de montagem, mas também na área de inovação, com a contratação de engenheiros e de outros especialistas, o que contribui com o desenvolvimento econômico do Paraná”, acrescentou o governador.

Na avaliação da prefeita Nina Singer, que acompanhou a reunião, os investimentos trazem inúmeros benefícios para a cidade, que já possui uma vocação industrial. “O mercado de veículos tem buscado tecnologias cada vez mais avançadas e a instalação da Horse em São José dos Pinhais, a exemplo da Renault, que já está presente há 25 anos, ajuda o nosso município a crescer, gerar mais empregos e fazer com que a prefeitura arrecade mais”, disse.

EMPRESA – A Horse é focada no desenvolvimento de motores de baixas emissões, híbridos e motores de combustão interna que, combinados com combustíveis sintéticos, oferecem alto desempenho. A empresa conta com cerca de 9 mil funcionários em oito plantas industriais e três centros de pesquisa e desenvolvimento em sete países: Argentina, Brasil, Chile, Espanha, Portugal, Romênia e Turquia.

A fábrica da empresa em São José dos Pinhais já foi responsável pelo fornecimento de mais de 5 milhões de motores a combustão para os veículos da marca Renault. Com a cisão, a Horse passou a ter mais autonomia, podendo fornecer equipamentos para outras marcas de automóveis.

Entre a planta industrial e o centro de pesquisa e desenvolvimento, a empresa emprega cerca de 700 profissionais no Paraná. O contingente representa a totalidade dos funcionários que atuam no Brasil e cerca de 64% da força de trabalho da Horse na América do Sul, composta por 1.100 pessoas.

De acordo com o diretor de Operações da Horse Brasil, Wesley Palma, a nova linha fabril começa a ser implantada imediatamente, ampliando a estratégia da empresa de alinhamento às demandas da chamada economia verde.

“O motor 1.3 turbo é extremamente focado em eficiência energética e na baixa emissão de carbono, além de estar predisposto a uma transição para o modelo híbrido no futuro. O investimento vai ser aplicado na fabricação do motor e de peças que vão servir para futuros projetos da Horse no Brasil”, explicou.

PRESENÇAS – A reunião no Palácio Iguaçu também contou com a participação do vice-governador Darci Piana; do chefe da Casa Civil, João Carlos Ortega; dos secretários estaduais da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros; e da Fazenda, Renê Garcia; do presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; do deputado estadual Samuel Dantas; e do presidente da Renault Brasil, Ricardo Gondo. Pela Horse, também estiveram presentes a diretora de Desenvolvimento de Negócios, Caroline Méchaï; o diretor global de Desenvolvimento de Negócios, Mateus Fonseca; e o diretor de Relações Institucionais, Marcos Aguiar.

FONTE/CRÉDITOS: Agência Estadual de Notícias
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!